• Parceiros



    Leader Training - IMAP


    Editora Draco


    Blogs Corporativos - Modismo ou Tendência?

Sempre depende de nós


Todos os dias cada um de nós escuta ou sabe sobre pessoas que precisam de auxílio. A opinião que podemos ter sobre esse assunto é apoiar ou não esses grupos.

Quando não se apóia, algumas pessoas justificam sua opinião com razões mesquinhas e egoístas, olhando sempre para as próprias dificuldades. Muitas vezes as iniciativas sociais que têm a solidariedade como palavra-chave são confundidas com pedidos de esmola, onde quase sempre, quem pede não tira proveito do que se ganha porque uma terceira pessoa está envolvida, manipulando as ações de arrecadação.

Ainda bem que grande parte das iniciativas sociais está cercada de pessoas bem intencionadas e de projetos sérios!

Acabo de vir de um final de semana onde participei do Projeto V.I.D.A. , uma iniciativa do Centro de Hemofilia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e realização pela Turma 04 do Curso de Especialização de Gestão de Projetos em Tecnologia da Informação da Fundação Vanzolini. O projeto consistiu na realização de um acantonamento para jovens portadores de hemofilia, pacientes do hospital. O objetivo era proporcionar a eles um final de semana onde eles pudessem conviver, assistir a palestras sobre diversos temas, conhecer pessoas e, acima de tudo, aprender que é possível viver normalmente apesar das limitações da doença. Fotos do acantonamento estão disponíveis no blog Blood4 da Psicóloga Frederica Cassis.

Esse trabalho foi um dos vários que a Turma 04 desenvolveu, sob orientação do Professor João Arantes. Nas últimas semanas, os grupos se empenharam em gerir projetos que trouxeram benefícios a minorias carentes. Um dos trabalhos, o Toneladas de Alegria, arrecadou quase 8 toneladas de comida para a Missão Belém! O outro grupo montou duas salas de informática (com projetor multimídia) e uma brinquedoteca para a Associação Social Cristã! Os exemplos que citei são algumas ações que os alunos da Fundação Vanzolini e outras instituições realizam para ajudar as pessoas.

Outro trabalho que participei mas infelizmente não pude continuar é o Projeto Raiz, um cursinho pré-vestibular destinado a pessoas carentes da Zona Sul. O grupo que administra esse projeto é formado por jovens universitários que se dividem dando aulas, produzindo material didático, realizando passeios e preparando os alunos para a universidade.

Trabalhos como esses são realizados com muito esforço, planejamento e boa vontade! Se as pessoas se unissem mais em pró de causas justas, haveria ainda mais pessoas beneficiadas e ainda mais pessoas com desejo de ajudar. Sem contar na oportunidade de formar indivíduos conscientes. Garanto que os beneficiados pelos projetos sentirão muita vontade de ajudar outras pessoas.

Deixo aqui nesse post o desejo que os leitores possam pensar em seu papel como cidadãos, lembrando que um quilo de feijão ou arroz que sair da sua cozinha e ir para uma instituição que precisa é tão valioso quanto toda a compra que uma família faz no supermercado todos os meses.

Quer ajudar? Procure no seu bairro! Garanto que há algum grupo trabalhando e que ficaria honrado com sua contribuição!

Ricardo

Anúncios

Uma resposta

  1. Ricardo,
    Concordo contigo…tudo depende de nós, da maneira como encaramos os problemas e os desafios.Acredito na força dos grupos, indivíduos se juntando para realizar algo. É MAIS COMPLEXO trabalhar em grupo, más é a única maneira de impôr uma diferença positiva na baderna e egoismo que existem na nossa sociedade.:)
    abração
    frederica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: